Cuidados essenciais com a pele no carnaval

Desde o começo do ano, o Rio já vem se preparando para receber o seu maior evento festivo. O Carnaval promete encher as ruas com milhares de foliões espalhados pelos blocos que tomam toda a cidade e, mesmo no meio de tanta alegria e diversão, é muito importante ficar atento à saúde. Essa época do ano possui algumas particularidades que podem ser prejudiciais e acabar com a festa de muita gente.

A sujeira das ruas, as condições precárias nos banheiros químicos e o contato com multidões representam alguns dos riscos mais fáceis de identificar, mas existem fatores importantes que muitas vezes passam despercebidos na hora de curtir os dias de folia.

Carnaval + verão = cuidado redobrado

Segundo a dermatologista Dra. Luciana de Abreu, os maiores riscos quando se trata da pele se referem à fotoproteção. “Durante essa época do ano, as temperaturas estão elevadas e o índice de radiação ultravioleta também, podendo ocorrer manchas, queimaduras solares e até insolação. Então, é fundamental proteger as áreas expostas da pele com filtro solar de amplo espectro UVA e UVB que contém no mínimo FPS30”, afirma a médica.

“Também é importante o uso de chapéus associados aos óculos solares, principalmente nos horários de maior radicação ultravioleta (das 10h às 16h), buscando ambientes de sombra para se proteger”, concluiu.

A hora de se hidratar também requer alguns cuidados. Bebidas de frutas cítricas, como sucos de laranja ou limão, contêm substâncias que podem causar queimaduras bastante incômodas quando em contato com a pele que, em alguns casos, tornam-se bolhas ou manchas.

Os pés precisam de proteção reforçada. Objetos cortantes espalhados pelas ruas ou ficar muito tempo em pé podem causar ferimentos e bolhas, o que pode gerar desconforto e ainda facilitar a entrada de bactérias nocivas ao organismo. A recomendação é que se use calçados de sola grossa que sejam confortáveis e bem arejados.

Maquiagem

Parte essencial de qualquer festa de carnaval, a fantasia não foge das recomendações da dermatologista. “Muito cuidado com as pinturas corporais, pois elas podem desencadear uma reação alérgica, principalmente quando expostas ao sol. É sempre bom testar numa pequena área da pele e esperar algumas horas para ver se não haverá coceira ou surgimento de “bolinhas” no local aplicado”, alertou.

A doutora também indica o uso de maquiagens oil free e leves. Para quem tem a pele oleosa, a dica é priorizar produtos de textura mineral. Tudo isso sem antes esquecer de aplicar o filtro solar mais apropriado para o seu tipo de pele.

Por conta da epidemia de zika vírus que o país vive no momento, Luciana lembra da importância do repelente de insetos. “É bom lembrar que ele deve ser o último produto a ser aplicado na pele, após o filtro solar e a maquiagem. As versões em spray são interessantes por poderem ser utilizadas sobre as roupas, promovendo o efeito ‘nuvem’ que espanta os mosquitos”.

Confira abaixo mais algumas dicas para curtir o carnaval com segurança:

  • Reaplique o protetor solar a cada 2 horas em caso de muito suor ou banho de mar/piscina;
  • Ingira bastante líquido como água, água de coco ou isotônicos para repor a hidratação corporal perdida pela transpiração excessiva;
  • Borrife água termal ou águas dermatológicas no rosto e no corpo. Isso ajuda bastante a refrescar e acalmar a pele sem causar irritações.
Cuidados essenciais com a pele no carnaval
Todos os direitos reservados à Dra. Luciana de Abreu.
Desenvolvido e Administrado por Visana Comunicação